13Nov, 2020
0
Fica no ar a pergunta: conseguimos motivar pessoas?

 

Particularmente, penso que conseguimos ouvir pessoas e incentivá-las a seguir em frente, mas, a motivação é intrínseca e pessoal; ela nasce de um…

Afinal, o que é motivação?

Fica no ar a pergunta: conseguimos motivar pessoas?

 

Particularmente, penso que conseguimos ouvir pessoas e incentivá-las a seguir em frente, mas, a motivação é intrínseca e pessoal; ela nasce de um motivo nosso para concretizar alguma coisa.

 

Conversar sobre motivação e autoajuda pode ser feito de muitas maneiras. Geralmente, inspiro-me em histórias de vida para encontrar ajuda e, claro, na minha fé. Mas, todos esses sentimentos são nossos e não existe uma receita como a de bolo para ajudar ou motivar.

 

A maior riqueza que temos são nossas emoções e a forma como pouco a pouco construímos nosso caminho pela vida. Alguns são mais extrovertidos outros menos, alguns mais aventureiros ou mais recatados, apaixonados ou reservados. O fato de a alma humana ser tão especial e única é que somos presenteados todos os dias com sentidos e maneiras de enxergar o mundo.

 

Ao levantarmos devemos agradecer, ainda mais em um momento tão delicado para nossas existências como este que vivemos. A pandemia trouxe um momento único para reavaliar como éramos, como somos e quais serão nossas escolhas daqui para frente.

 

Nesse espaço trarei textos que possam nos fazer refletir e estou aberta a desafios e questionamentos de você, leitor. Vamos construir juntos esse momento e conversar sobre temas importantes para nos autoajudar.

 

Meu nome é Helena Fraga. Sou uma mulher chegando aos sessenta anos, mãe do coração do João e da Ana, filha, empresária e escritora. Tenho crenças construídas dia a dia por meio dos meus sonhos e da forma como consigo realizá-los. Nasci mais afeita a acreditar na vida e em sua beleza, e mesmo nos momentos mais sombrios aprendi que respirar e meditar dá-me o folego necessário para ver os fatos de uma maneira mais leve.

 

Convido você a participar dessa viagem em busca de temas relevantes e que toquem nosso coração. Despeço-me por hoje com uma citação de Augusto Cury da qual gosto muito: “Jamais desista das pessoas que ama. Jamais desista de ser feliz. Lute sempre pelos seus sonhos. Seja profundamente apaixonado pela vida. Pois a vida é um espetáculo imperdível.”

 

Paz e bem!

Beijo no coração

            Helena Fraga

Deixe uma resposta

@revistamoderna todos os direitos reservados

Open chat